quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Tua Fidelidade


A Tua graça me faz ultrapassar todas as dificuldades
E eu sempre atento a Tua voz agradeço pelo cuidado
Por me amar não me deixa fazer as minhas vontades
Livrando-me dos passos vacilantes e caminho errado

Vejo Teu infinito e lindo amor tecido nas promessas
Transformadas em bênçãos somente ao Seu tempo
Todos os dias elas são renovadas e não ficam velhas
Trazendo paz e esperança para mim a todo momento

Assim eu vou vivendo com minha vida em Tuas mãos
Na certeza de que é o melhor lugar para eu descansar
Pois Tua fidelidade concretiza os meus sonhos e planos
Firma os meus pensamentos e me faz jamais Te deixar





quinta-feira, 23 de julho de 2015

Vida Real


Ela já havia feito uma longa caminhada, percorrendo vários terrenos incertos, sendo submetida aos mais inusitados tipos de contratempos. Tudo que lhe fora apresentado no decorrer de sua jornada deixava-a com uma vontade louca de desistir. Porém havia uma força dentro dela sussurrando sem parar:
- Supere mais essa; Aguente mais um dia; Já está passando. Muitas vezes era difícil até mesmo ouvir os sussurros internos quando os soluços insistiam em gritar abruptamente a cada instante (...).

Não é fácil a caminhada da vida, como em uma montanha russa, ela corre loucamente, desenfreada, intercalando o percurso entre o baixo e o alto. INTERESSANTE! A vida começa sempre por uma estrada baixa, como se fosse uma preparação, um impulso a ser pego para então chegar à estrada alta. Parece loucura, mas essa dinâmica sincronizada é o que dá sentido a essa historia desengonçada a qual somos protagonistas.


Nenhuma jornada é fácil, isto é um Fato! Mas todos os tropeços traz uma lição, ainda que ela não entenda imediatamente qual a real razão de tudo que lhe ocorrera e certamente ocorrerá, a longo prazo terminará adquirindo experiências valiosas. Estas por sua vez lhe darão argumentos para sabiamente orientar/opinar para outros indivíduos que passarão pelos mesmos caminhos por ela já percorrido.


domingo, 26 de abril de 2015

Vendo a saudade reinar



Não há  nenhuma razão para alimentar esta afeição
Passou o tempo, e a ele não podemos mais retornar
Seguimos roteiros distintos, mesmo com esta paixão
Pois ficou difícil este sentimento da mente arrancar

Deitada na grama vendo o pôr do sol penso em você
Explodindo aqui dentro um turbilhão de  lembranças
Mesmo todos os dias tentando este amor adormecer
Ele flui mesmo sabendo que não há mais esperanças

Permanecendo em estações totalmente diferentes
Nossos corações andam insistindo em se encontrar
Totalmente presos a este amor de laços incoerentes
Presenciamos todos os dias a saudade em nós reinar





domingo, 12 de abril de 2015

Versos Soltos...


Sussurrando seu nome entre os meus pensamentos
No fim de tarde canto saudade pensando em você
Querendo sentir seu cheiro e desejando seus beijos
Fico à espera do ponteiro marcar a hora para te ver

Me jogo com vontade em seu abraço apaixonado
Meu coração dispara toda vez que te ver retornar
E os sorrisos se espalham só por estar ao seu lado
Transbordando felicidade ao me perder no seu olhar

Todas as vezes que te encontro tudo se torna novidade
Os seus doces carinhos fazem o meu coração se acalentar
Nossas almas novamente se entrelaçam com vontade
Parece que o mundo todo para só pra gente se sintonizar





domingo, 29 de março de 2015

Trecho Favorito


(...) E estava ligado a ele por laços que a razão não conseguiria destruir... 
Por elos que o hábito forjara e seria agora cruel demais tentar quebrar. 



Livro: Morro dos Ventos Uivantes
Autor: Emily Brontë

segunda-feira, 23 de março de 2015

Estrofes de um Poema


Esquivei-me das palavras
Para poeta nunca ser
Pois rimas encaixadas
Jamais pensei em ter

Lutei contra a inspiração
Para versos não formar
Mas me rendi à emoção
De novamente poetizar

Cá me encontro outra vez
Rompendo este dilema
Regando minha escassez
Nas estrofes de um poema




quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Retorno...




Na minha urgência cheia de ausência
Acumulei carinho e só reguei saudade
Senti sua falta em cada segundo do dia
Desejando te ver no nosso fim de tarde

Há dias anseio a tua vinda programada
Imaginando ver novamente teus traços
Ao esbarrar contigo em minha estrada
Para poder reflorescer em teus abraços

Veja só, já é primavera e te vejo chegar
Como brisa agradável para me envolver
Trazendo amor para no coração cultivar
Vê-lo crescer, e finalmente permanecer