quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Recomeçando...



Papeis e lápis jogados sobre a mesa
Tento manter a inspiração acesa
Mas os pensamentos seguem distantes
E as emoções ainda mais inconstantes

Os ponteiros do relógio passam lentamente
E em cada segundo sinto que a dor está ausente
As estações mudam a cada momento
E as lembranças são levadas pelo vento

Novas vibrações cercam-me agora
E tudo dentro de mim revigora
Sorrisos perseguem meus dias
E uma brisa leve me contagia

Ouço o barulho suave do amor
E o meu coração começa a se recompor
Os sentimentos novamente parecem fluir
E a felicidade simplesmente volta a me invadir





Tallita Monteiro

3 expressões:

  1. Querida. Achei seu blog muito edificante e já estou por aqui, quero ser alimentada dessas preciosas palavras contidas aqui. Parabéns pelo cantinho, ele é abençoador. Um beijo.

    ResponderExcluir
  2. Ei,Thalita!

    Que poema mais lindo!
    Que a alegria do sorriso mais lindo seja vista todos os dias em vc e que o amor faça morada constante em seu coração...sem descanso!

    ResponderExcluir
  3. que bom é saber que a vida recomeça sempre dentro de nós...
    sempre é tempo de recomeçar
    =)

    beijo

    ResponderExcluir

Espero prender a atenção de vocês e fazer com que se identifiquem com cada palavra lida. Viaje comigo nessa imensidão de palavras.
Obrigado por comentar...Volte sempre!