quinta-feira, 5 de abril de 2012

Nunca pensei



Nunca pensei em me apaixonar assim
E ter um amor tão grande dentro de mim
Nunca pensei em sentir tanta a falta de alguém
Uma enorme saudade que no meu coração se mantém

Nunca pensei em ficar olhando uma só foto por várias horas
E nem que uma simples mensagem me traria tantas alegrias
Nunca pensei que desejaria tanto ouvir uma única melodia
Para poder de doces lembranças enfeitar o meu dia

Nunca pensei em querer ver alguém com tanta vontade
E nem que um abraço em especial me traria tanta felicidade
Nunca pensei em ter uma inspiração para compor
Muito menos expressar com versos todo o meu amor


Nunca pensei que teria um sorriso gravado em minha mente
Que em cada segundo que lembro já começo a ficar contente
Nunca pensei que uma pessoa pudesse se tornar completamente inesquecível
Então surge você e me mostra que na vida tudo se torna possível




Tallita Monteiro

3 expressões:

  1. Lindo o poema,
    ensina o amor
    e inspirta a esperança no amor.

    Feliz Páscoa, Querida!

    ResponderExcluir
  2. O amor faz isso com a gente, né... leva-nos a olhar as coisas com outros olhos e mesmo fazer coisas que não faríamos, por mais simples que elas sejam. Simplesmente não valeria à pena sem o amor. Belo post, mana.
    Té mais ;*

    ResponderExcluir
  3. Olá Tallita, lindo poema!
    Talvez, pelo menos uma vez na vida alguém sinta um amor assim. Sinta a falta enorme de um alguém que o coração aprendeu a amar e não sabe esquecer jamais.

    beijos.

    ResponderExcluir

Espero prender a atenção de vocês e fazer com que se identifiquem com cada palavra lida. Viaje comigo nessa imensidão de palavras.
Obrigado por comentar...Volte sempre!