segunda-feira, 20 de maio de 2013

Confessando Amor



Preste atenção nos sorrisos doces que te mando
Na suavidade da melodia que sai de mim rimando
Tudo que faço mesmo de longe é para te transmitir amor
Pois um dia prometi que pra você sempre daria o meu melhor

Observe, há muitas palavras escondidas em gestos
Revelando carinho e ternura em cada estrofe dos versos
É pensando em ti, que surgem inspirações que não tem fim
Esses são um dos pequenos efeitos que você causa em mim

Encanto-me contigo e mais ainda com a tua maravilhosa companhia
Acho que meus olhos me entregam, pois refletem minha alegria
Agora, perceba, tem sinais espalhados em todas as minhas poesias
Leia com o coração, assim encontrará meu Amor nas entrelinhas



8 expressões:

  1. Eu leio muito suas poesias, pois aqui, sem medo, fico sem folego diante de seus sentimentos por mim. Você sabe que é recíproco. A distância (não física) só enaltece isto.

    ResponderExcluir
  2. Deixa eu te dar uma dica leia meus olhos e preste atenção no que te digo ESTOU TE AMANDO DESDE O PRIMEIRO DIA

    ResponderExcluir
  3. Muito expressivo. A poesia é o sussurro da alma...

    ResponderExcluir
  4. Oi Tallita


    Adorei o poema.
    LIndo demais

    Beijos e uma semana cheia de paz.

    Ani

    ResponderExcluir
  5. Belíssimo poema Tallita, sincero e doce, como deve ser o amor, que une mas deixa-nos livres também...um abração, feliz semana!


    Bíndi e Ghost

    ResponderExcluir
  6. Que amor mais lindo.
    Amei a sua poesia.
    Aquele tipo de poesia que toca o coração. Beijinhos.

    ResponderExcluir
  7. Own, que lindo! Tão bom de se ler! :)

    ResponderExcluir

Espero prender a atenção de vocês e fazer com que se identifiquem com cada palavra lida. Viaje comigo nessa imensidão de palavras.
Obrigado por comentar...Volte sempre!