segunda-feira, 1 de julho de 2013

Amor galante


Não chame o meu amor de Idolatria
Nem de Ídolo realce a quem eu amo,
Pois todo o meu cantar a um só se alia,
E de uma só maneira eu o proclamo.
É hoje e sempre o meu amor galante,
Inalterável, em grande excelência;
Por isso a minha rima é tão constante
A uma só coisa e exclui a diferença.
'Beleza, Bem, Verdade', eis o que exprimo;
'Beleza, Bem, Verdade', todo o acento;
E em tal mudança está tudo o que primo,
Em um, três temas, de amplo movimento.
'Beleza, Bem, Verdade' sós, outrora;
Num mesmo ser vivem juntos agora.


William Shakespeare

3 expressões:

  1. Shakespeare arrasa. Já li algumas obras dele. Linda postagem. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Um pouco previsível demais, todo aquele que aprecia poesia sempre acaba por ter sua inspiração em algum resquício Shakespeariano.
    Então faço das palavras dele as minhas "é todo seu o meu amor galante"

    amo-te

    ResponderExcluir
  3. Bom dia!
    Linda semana e que maravilhosa postagem!
    Bjins

    ResponderExcluir

Espero prender a atenção de vocês e fazer com que se identifiquem com cada palavra lida. Viaje comigo nessa imensidão de palavras.
Obrigado por comentar...Volte sempre!