sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Andarilha


Respiro e solto o ar de liberdade ao meu redor
Olhando para este horizonte vejo-o me chamar
Nesta busca constante por um objetivo melhor
Rendo-me à intuição que em mim vem habitar

Esvazio a mente e arranco qualquer lembrança
Na expectativa de encontrar um rumo diferente
Pego aquela mochila e coloco minha esperança
Percorro estas trilhas que estão à minha frente

Novas experiências sempre traz certa felicidade
Que desbravam estradas sem sentido desta vida
Fazendo fluir inspiração com toque de suavidade
Encontrada nos passos de uma eterna andarilha





8 expressões:

  1. Novas experiências contadas numa poesia sublime Srta, parabéns! abração

    ResponderExcluir
  2. Bom dia Poetisa.. fico feliz sempre com tuas visitas.. e mais ainda quando vejo tuas poesias..
    quando intuímos.. temos a certeza que estamos andando na trilha certeza.. é isso que falta a muitas pessoas nos dias de hj.. a intuição de saber se a pessoa é certa ou não.. se é este caminho ou aquele.. ela é essencial.. deixo um lindo dia bjs até sempre

    ResponderExcluir
  3. quem vive é eterno andarilho ...
    só espero encontrar trilhos melhores a cada dia novo.

    ResponderExcluir
  4. Muito bem,Tallita! Você encontrou rimas e sentido, o que não é fácil. Um ótimo sábado! :)

    ResponderExcluir
  5. Tallita, gostei das rimas inspiradas na suavidade forte da busca pela vida.

    ResponderExcluir
  6. Oi Tallita, linda poesia,
    Vivemos numa constante busca,de ideías, de caminhos,objetivos,tudo em busca da felicidade.

    Grande Abraço
    Estrela,Flores...Melancia

    ResponderExcluir
  7. Novas experiências sempre acrescentam em muito na vida e nos engrandecem como pessoa.
    Gosto do jeito que tu escreve :)
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  8. As novas experiências nos trazem uma esperança nova. Uma nova experiência tem o poder de nos reviver. Lindíssimo poema! Beijos.

    ResponderExcluir

Espero prender a atenção de vocês e fazer com que se identifiquem com cada palavra lida. Viaje comigo nessa imensidão de palavras.
Obrigado por comentar...Volte sempre!