sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Melhor Momento


Tentei encontrar novas rimas
Ouvindo meu próprio silencio
Caminhei buscando as palavras
Encontrá-las tornou-se um vício

Estava perseguindo a inspiração
E quase cravando-a ela escapou
Redirecionei toda minha emoção
Mas mesmo assim nada adiantou

Então quando pensei estar perdida
Segui o vento do meu pensamento
Acabei esbarrando numa nova trilha
E me peguei no meu melhor momento





5 expressões:

  1. È que você é a entrelinha dos seus pensamentos... Inspira-me o silêncio dos teus lábios. Que quando se calam. Falam teus dedos.


    ,parabéns, Talita!

    ResponderExcluir
  2. Bom dia querida Tallita.. a inspiração esta sempre presente.. nunca nos abandona apenas nos deixa descansar um pouco né.. que continues poetando moça querida bjs e até sempre

    ResponderExcluir
  3. Boa noite talita :) obrigada pelo lindo comentario e concordo com voce, fico feliz que tenha gostado de minhas palavras :) espero te ver sempre por la.. bjos

    http://t-alvez-p-oeta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. A inspiração vem naturalmente. Quando mais procuramos, mais distantes ficamos dela. Eu cheguei na seguinte conclusão: a inspiração gosta de nascer livremente. Não quando a gente quer, risos... Linda postagem. Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Muito bom, Tallita. Gostei da última frase e certamente a necessidade de encontrar uma inspiração por si só já foi uma inspiração. Beijos!

    ResponderExcluir

Espero prender a atenção de vocês e fazer com que se identifiquem com cada palavra lida. Viaje comigo nessa imensidão de palavras.
Obrigado por comentar...Volte sempre!