segunda-feira, 17 de julho de 2017

Florescer


Não domino mais minha inspiração
Pois não recuam de mim as palavras
Sem perceber fico perdida nas rimas
Que o vento sopra em minha direção

Ouço cada barulho vindo do mar
Sinto a suavidade gostosa da brisa
E junto com a inquietude das ondas 
Minha lucidez se destina a poetisar

Sendo feliz sem haver razão maior
Arrisco meu sonho em cada verso
E na reserva da hora que carrego
Me faço poema para me sentir melhor

Silencio todos meus medos de viver
Ao ver o fluir da energia da praia
Renovo os sentimentos da alma
E volto mais uma vez a florescer



domingo, 9 de julho de 2017

Devaneio...


Há quanto tempo estamos sem se ver?
Mesmo estando só a poucos quilômetros distante
Por mais que eu fale sempre com você
Sinto como se nunca fosse o bastante.

Não há mais cura desse amor para mim
Ele me induz a relembrar nosso momento
Crescendo, aflorando como se não tivesse um fim
E agora o que fazer com todo este sentimento?





quarta-feira, 5 de julho de 2017

(...)


Cada segundo sem você é tão sofrido
Ficar ao teu lado é o que sempre quis
Passar os meus dias sempre contigo
Desfrutar da tua presença me faz feliz